Connect with us

Resenhas

“Tratando temas delicados, o Romulo nos faz viajar pelo seu enredo”, diz blog

Publicado

às

@gnomoleitora: “Lindo! Essa é uma palavra que define perfeitamente essa história. Sam e Anne são duas pessoas que possuem um passado doloroso, e que vão precisar lidar com suas perdas para poderem finalmente vivenciar um novo sentimento”

@gnomaleitora

O Farol e a Tempestade | @romulo_felippe | 304 páginas | @novo_conceito

📝”Explode em seu peito uma batalha interna entre morte e vida, dor e remissão.”

Samuel Jones é um escritor que se encontra recluso na Ilha Farethon, e depois da morte de Debby e Matt, viveu momentos de solidão e dor.

Prestes a se suicidar no farol em uma noite com tempestade forte, Sam decide bater de frente com Deus, dizendo que Ele tem a última chance de provar que ele está errado. Quando está perto de se jogar, Sam avista uma aeronave de pequeno porte caindo em alto mar e sente que aquela é a sua resposta.

Anne Crawford é uma famosa fotógrafa que estava na aeronave e acaba sendo a única sobrevivente do desastre aéreo. Sam a encontra quase sem consciência e a leva para a sua casa no farol.

Quando acorda no dia seguinte, Anne não sabe quem é, suas memórias foram perdidas. Como Sam já tinha ido em uma exposição da fotógrafa, explica o que conhece da vida dela, que ela é casada e aparentemente tem uma filha.

Através do seu celular, Anne consegue descobrir mais algumas coisas sobre si mesma, como o fato de estar se separando de seu marido. Além de ver fotos e vídeos da sua filha, Amanda, que é o amor da sua vida.

Sam e Anne vão passar a compartilhar instantes na ilha, vivendo momentos de esperança, fé, recomeço e amor.

O que era para ser o fim de Sam se tornou seu novo começo. Mas será que as dores do passado e o segredo que guarda poderão ser esquecidos?

✏Lindo! Essa é uma palavra que define perfeitamente essa história. Sam e Anne são duas pessoas que possuem um passado doloroso, e que vão precisar lidar com suas perdas para poderem finalmente vivenciar um novo sentimento.

Sam estava convicto de que não continuaria vivo, mas Anne vai ser a luz em meio a sua tempestade interna. Ela vai conseguir quebrar todas as barreiras que ele se impôs nos últimos anos, fazendo-o desejar voltar a viver.

Já Anne vai se encontrar em certo limbo durante a sua estadia na ilha, já que sua memória foi apagada. A única coisa que a fez querer voltar para a sociedade é a sua filha, Amanda.

✏Tratando temas delicados, o Romulo nos faz viajar pelo seu enredo. Ele tratou as perdas de forma crua, então conseguimos sentir de forma latente a dor desses personagens. Tanto Sam, como Anne, trazem consigo emoções que sufocam.
O autor também fez uso de plots twists bem empregados, que dão um ritmo diferente a narrativa. A cada acontecimento revelado, o leitor sente o impacto e compreende as ações realizadas por Sam e Anne.
O único ponto que devo ressaltar, é que na minha opinião, os dois personagens se envolveram rapidamente. Compreendo que no contexto, onde eles estavam sozinhos, e tinham o sentimento de perda os rodeando, isto iria acontecer, mas queria ter acompanhado de forma mais lenta essa relação. Porém, isso não é algo que vá atrapalhar a leitura, visto que é uma ínfima parte se formos considerar o todo e tudo que ocorre depois.
Com a narrativa em terceira pessoa, somos levados por um passeio em sentimentos negros e ao mesmo tempo felizes. Sam e Anne terão situações da vida contra eles e precisarão provar que o sentimento que nasceu na ilha é forte o suficiente para se manter vivo na “realidade”.
A edição da Novo Conceito está divina. A diagramação do livro é linda, trazendo ilustrações que fazem toda a diferença. Um trabalho primoroso, sem sombra de dúvidas.
O Farol e a Tempestade é um drama na medida certa. Explorando os sentimentos de perda, solidão, dor, amor, fé e recomeço, vamos presenciar o momento em que duas almas feridas se encontraram, se curaram e se permitiram iniciar um novo caminho. As tempestades fazem parte de todo percurso, e ter um farol lhe guiando para o seu destino final faz a diferença. Sam e Anne são o farol um do outro. E você, é o farol de alguém?
💻Resenha completa no blog.
💭Já conheciam esse livro? Gostam de histórias emocionantes, com mensagens sobre fé, esperança e recomeço?

Continue Reading
Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.